Representação do MDA promete apurar denúncias de mau uso de máquinas do PAC no interior da Paraíba

A partir desta terça (10), a equipe da Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário (DFDA-PB) realiza várias diligências para apurar denúncias sobre o mau uso das máquinas doadas pelo Governo Federal, através do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC 2).

A afirmativa é da assessoria daquela Delegacia no estado, apontando os municípios de Santo André, Areial, Barra de Santa Rosa e Sobrado como os primeiros no roteiro da fiscalização explicando que, na Paraíba, 219 municípios com até 50 mil habitantes, receberam um kit com uma retroescavadeira, uma motoniveladora, um caminhão-caçamba, uma pá carregadeira e um caminhão-pipa, num investimento de cerca de R$ 1,5 milhão em equipamentos que chegam aos municípios com a meta de melhorar a infraestrutura da zona rural a partir da recuperação das estradas vicinais para escoamento da produção e circulação de bens na zona rural e ajudar os municípios do semiárido a enfrentarem os problemas da estiagem estavam sendo usadas para carregar lixo, em obras no perímetro urbano e em benefício próprio de alguns prefeitos e vereadores. “Segundo o Delegado da DFDA-PB, Gonzaga Júnior, esse tipo de ação é essencial para que o objetivo do PAC 2 seja cumprido”, explica aquela assessoria.
De acordo com aquela assessoria, as próximas fiscalizações serão realizadas no Vale do Piancó e Alto Sertão, onde também contarão com representantes da Controladoria Geral da União (CGU) e Polícia Federal e que qualquer denúncia quanto ao mau uso das máquinas pode ser encaminhado para a DFDA-PB que averiguará a veracidade. “Caso as denúncias forem verdadeiras os prefeitos recebem advertência e podem até ter as máquinas retomadas, já que as prefeituras assinaram um termo de sessão de uso, onde se estabelece procedimentos e condições de uso”, explica colocando o telefone (83)3049-9228 e o e-mail [email protected] .
Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top