Secretário de agricultura pernambucano faz balanço das ações de 2008

Um ano positivo com ações votadas ao desenvolvimento da agropecuária do Estado de Pernambuco, é a opinião do secretário de agricultura daquele estado, Ângelo Rafael Ferreira dos Santos, (foto), ao fazer um amplo balanço através de sua assessoria em contato feito com a equipe Stúdio Rural.

Stúdio Rural dialoga com a assessora de comunicação daquela secretaria, Jaqueline Macedo, que após contatar com aquele secretário repassa um conjunto de ações que foram desenvolvidas no decorrer deste ano de 2008, ações estruturadoras para a continuação dos trabalhos ao longo do ano de 2009.

Uma das ações evidenciadas refere-se ao programa do leite naquele estado denominado de “Programa Leite de Todos” que teve um aumento de 20%, atende a mais de 97 mil famílias em 158 municípios com famílias atendidas todos os dias. “São aproximadamente 3 milhões de litros de leite, distribuídos mensalmente por meio 779 entidades, envolvendo 26 laticínios e cerca de 4.600 produtores parceiros do programa com investimento mensal de R$ 3,2 milhões der reais”, relata a jornalista daquela instituição pernambucana.

Sobre o Garantia Safra naquele Estado, Macedo informou que o programa deve bater o recorde de inscrição para a safra 2008/2009, podendo chegar a 106 mil agricultores inscritos no programa, número que na opinião do coordenador local do programa, Sebastião Soares, cresce com a mobilização da Secretaria de Agricultura com apoio do Instituto Agronômico de Pernambuco(IPA), das prefeituras municipais, junto às representações dos agricultores familiares. style=mso-spacerun: yes>  “O secretário Ângelo ferreira destaca que cerca de 6 mil trabalhadores foram beneficiados com R$ 6 milhões de reais em projetos para o fortalecimento da agricultura familiar”, comemora a assessora ao contatar com Stúdio Rural, acrescentando que trata-se de uma parceria entre aquela pasta com o MDA através do Pronaf Infra-estrutura objetivando ampliar a produção agrícola naquele estado, incrementando a ocupação produtiva e promovendo desenvolvimento rural em diversas microrregiões pernambucanas.

Em 2007 e 2008, informa Macedo, aquela secretaria vem promovendo o peixamento de açudes públicos e comunitários do interior do estado, contabilizando entrega de 3,2 milhões de alevinos em 646 açudes, beneficiando mais de onze mil pescadores artesanais. “Outros 2 milhões de alevinos serão distribuídos, destes, 1,25 milhão vão para a Barragem do Carpina, atendendo a 2 mil pescadores de cinco municípios de Zona da Mata Norte”, relata, complementando que 650 mil alevinos restantes estão sendo destinados para açudes públicos e comunitários de outros municípios, colocando o alimento nutritivo na mesa e geando renda para as famílias rurais, dizendo ser opinião do chefe da unidade de piscicultura da Secretaria, Roberto Maurício.

Macedo informou que na área de defesa animal, através da Adagro, Ângelo Ferreira, destaca o combate a doenças de animais, ampliado pela Agência de Defesa e Fiscalização. “A Adagro, órgão vinculado à Secretaria, bateu recorde de vacinação contra a febre aftosa na primeira etapa deste ano, 97% do rebanho foi vacinado”, comemora, esclarecendo que em cada etapa da style=mso-spacerun: yes>  vacinação, foram doados pelo Estado 600 mil doses de vacinas ara os pequenos produtores de áreas indígenas, quilombolas e assentamentos e que 25 mil bezerras foram contra brucelose dentre outras ações.

Outra ação evidenciada, o Projeto Qualificampo, executo pela Secretaria, está capacitando 1600 produtores de leite de base familiar, fornecedores do Programa leite de Todos, abrangendo 48 associações comunitárias em 23 municípios. “São 80 cursos em andamento nas comunidades onde a oferta de qualificação é baixa, os produtores são treinados em boas práticas agropecuárias, visando a melhoria da qualidade dos produtos ofertados”, explica a assessora.

Com o apoio do Governo Federal foram adquiridas 23 propriedades, por meio do Programa Nacional de Crédito Fundiário através do Ministério do Desenvolvimento Agrário por meio do Funtepe, levando o superintendente do Funtepe, José Esteve Barbosa, a informar que foram investidos em assentamentos do Programa Nacional de crédito Fundiários construindo 366 casas, além de garantir energia, acesso a água e a infra-estrutura necessária. “O Funtepe também realiza ações de regularização fundiária em sete municípios abrangidos pelos canais de integração de bacias do rio São Francisco”, explica.

Outra ação evidenciada por aquela assessoria, dar conta que as ações no fortalecimento da bacia leiteira também é realidade naquele estado já que em parceria com o Banco do Nordeste e a iniciativa privada, estão sendo destinados R$ 54 milhões de reais para o financiamento de 18 mil novilhas prenhas para alavancar o desenvolvimento da bacia leiteira pernambucana.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top