STR realiza assembleia, comemora posse e discute fuga de acusado de morte de Ana Alice

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Queimadas realizou na sexta-feira(04 de abril), em sua sede, uma assembleia ordinária ainda referente, excepcionalmente, ao mês de março.

A assembleia ordinária daquela casa sindical acontece sempre na última sexta-feira de cada mês e, no mês de março, de forma excepcional, a assembleia aconteceu somente na última esta sexta-feira(04), em razão de diversos movimentos, mobilizações e ações diversas acontecidas em to o Polo da Borborema a exemplo da Marcha Pela Vida das Mulheres e da Agroecologia acontecida na cidade de Massaranduba, no dia 14 de março e a Marcha pela autonomia da água realizada pela ASA Paraíba que aconteceu no dia 28 de março com ampla mobilização pelas ruas centrais da cidade de Campina Grande.

Aquela assembleia representou momento festivo em comemoração a recente eleição com vitória da direção para dirigir aquele sindicato por mais quatro anos e também comemorativo a posse que aconteceu recentemente naquela casa sindical.

Gilmar Aragão é secretário adjunto da Agricultura de Queimadas, participou do encontro e, ao falar com Stúdio Rural, disse ter sido um momento importante em que se reconfirma um trabalho que a atual diretoria já vem fazendo dentro daquele município fazendo a prefeitura marcasse presença naquele especial momento dos trabalhadores rurais daquele município e garante que aquela direção vem buscando construir as ações em sintonia com a Secretaria de Agricultura daquele município.

Nelson Anacleto é componente do Polo Sindical da Borborema participou do evento e de nossos programas radiofônicos falando sobre a atuação da direção daquele sindicato dentro da organização do Polo no Território da Borborema que atua numa dinâmica atualizada cuidando de ações que vão desde previdência até questões estruturantes para o processo de convivência com o semiárido. “Nós estamos aqui com a posse da companheira Anunciada, viemos aqui em nome do Polo Sindical da Borborema expressar nosso apoio e nossa solidariedade a esse sindicato que é uma parte do Polo, um dos sindicatos que junto com os demais tem conduzido toda a política que o Polo vem desenvolvendo na região para o fortalecimento da agricultura familiar, o fortalecimento da agroecologia, gerenciamento das políticas públicas e eu acho que os trabalhadores e trabalhadoras rurais de Queimadas estão de parabéns e queremos também parabenizar a direção do sindicato nesse momento de tristeza por conta de que o assassino de Ana Alice, o estuprador fugiu da cadeia e isso é bastante lamentável, no que a gente acha que precisa de uma apuração, de uma apuração, precisa das autoridades se empenharem no sentido de que ele possa pagar um pouco daquilo que ele fez de tão mal a todas as famílias, inclusive a família de Ana Alice, a nossa companheira Angineide”, explica Nelson.

Paulo Medeiros Barreto é presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Barra de Santa, Cariri Oriental, participou da assembleia festiva e, ao falar com Stúdio Rural, disse ser importante momento já que trata-se de uma direção que terá papel de continuar executando importantes projetos dentro das dinâmicas estruturantes de convivência com o semiárido brasileiro, nas dinâmicas do Polo e importante referência e entidade parceira de entidades do Cariri Oriental. “Queimadas está na linha de frente desse movimento já que também faz parte do Polo Sindical da Borborema que todo mundo conhece essa luta do polo, os trabalhos que o polo vem desenvolvendo lutando por homem do campo, da mulher, em todos os sentidos, seja no fortalecimento da agricultura familiar, da agroecologia, da saúde, da educação, da segurança no campo e enfim vem debatendo os assuntos crescendo nesse fortalecimento das políticas públicas para o homem e a mulher do campo que vem dando oportunidade do trabalhador permanecer na zona rural sem precisar ir para os grandes centros”.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top