Tem início em Campina Grande seminário da Cadeia Produtiva do Leite e Cooperativismo

Teve início nesta quarta-feira(28) e encerra amanhã(29) o Seminário da Cadeia Produtiva do Leite e Cooperativismo que está acontecendo no auditório da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (FIEP) numa iniciativa da Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba (FAEPA), do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural da Paraíba (SENAR-PB) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE-PB).

O evento está reunindo produtores rurais, técnicos da área de ciências agrárias, empresários, cooperativas, associações e estudantes com o objetivo de disseminar e atualizar conhecimentos daqueles que atuam nos diversos segmentos da cadeia produtiva do leite de vaca e cabra, desde a produção até o mercado, destacando a importância e potencialidade do produto na economia da região Nordeste.

Contando com a presença de palestrantes conhecidos nacionalmente que estão discutindo temas como desafios e perspectivas de mercado, alimentação e nutrição do rebanho, com destaque para ações emergenciais em períodos de estiagem; empreendedorismo e cooperativismo, além da apresentação de casos de sucesso. “Fizemos o primeiro Cooleite em Itabaiana há dois anos atrás, estamos fazendo Cooleite aqui em Campina Grande e é uma forma de capacitar, trazer novas informações, novas tecnologias para que os produtores tomem de como está o comportamento do leite no Brasil e outros países, isso serva até como um mediador ao produtor para que ele se situe dentro daquela cadeia produtiva que ele faz parte dela no sentido de que ele tenha noção do que está acontecendo no país e no mundo porque serve até parâmetro, de planejamento pra ele, se ele deve produzir mais, se ele tem que melhorar a questão genética do rebanho ou que ele tem que fazer daqui pra frente”, explica o presidente da FAEPA, Mário Borba.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top