Território Borborema define delegação para conferência estadual de ATER

Representações de organizações diversas participaram da conferência de ATER do Território da Borborema em evento que aconteceu na última terça-feira(06/03) no auditório do Sebrae, em Campina Grande.

Stúdio Rural acompanhou as atividades que contou com participação de agricultores e organizações da agricultura familiar, da Emater enquanto empresa pública de ATER, empresas prestadoras de serviço a exemplo da Coonap, Consulplan, Cooptera, instituições bancárias dentre outras que trabalharam os diversos eixos temáticos propositivos ao desenvolvimento da assistência técnica e extensão rural.

Segundo o assessor técnico da Emater regional Campina Grande, Antônio Ferreira Filho, foram escolhidos 16 delegados, respeitando o regulamento interno da conferência, comissão que fica composta de 11 representações e componentes da agricultura familiar com 30% de mulheres; e 05 delegados e delegadas de órgãos dos governos. “Estamos trabalhando nesse sentido de fazermos uma grande conferência estadual e levarmos propostas estruturantes para a nacional”, explica Ferreira ao dialogar com os ouvintes do Programa Universo Rural da Rádio Bonsucesso de Pombal na última quarta-feira(07/03).

Jefferson Lima Palmeira é assistente técnico da Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário-PB e, ao participar do Programa Universo Rural, explica que é papel do MDA abrir as perspectivas de debates fazendo com que a sociedade organizada possa participar de forma propositiva desses espaços enquanto sujeitos e protagonistas das novas mudanças que os novos tempos requerem. “Se você fizer uma análise do que é a assistência técnica no Brasil você tem dois períodos: um anterior a 2003 e um posterior a 2003 que coincide com a ascensão do Governo Lula e agora com o Governo Dilma. Por que eu faço essa distinção? style=mso-spacerun: yes>  Porque a partir de 2003 você tem a adoção de várias políticas públicas de inclusão social no meio rural, você tem o Luz para todos; tem a previdência social; você tem o Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural; você tem a cisterna de placas; você tem o Bolsa família; você tem agora recentemente o Rede Brasil Rural que é uma plataforma na internet em que os trabalhadores familiares vão poder comercialzar e comprar seus insumos, então é uma gama de programas que estão em curso, que estão sendo desenvolvidos no meio rural”.

Antonio Junio da Silva é articulador do MDA na Paraíba e falou sobre o trabalho que está sendo desenvolvido em todo o estado e sobre suas perspectivas. “O debate com a participação dos agricultores, é exigência que tenha agricultores debatendo e como delegados para a conferência estadual que vai ser semana que vem dia 14 e 15 de março e a conferência nacional que vai ser em de 23 a 26 abril”, explica aquele represente governamental dizendo que a Paraíba participará com uma delegação de 20 delegados e delegadas na conferência nacional.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top