Turismo rural no RN começa com levantamento das potencialidades nos municípios

O Programa Nacional de Turismo Rural na Agricultura Familiar está sendo implantado no Rio Grande do Norte e, segundo o assessoria da Emater daquele estado, a fase inicial consta de um levantamento das potencialidades das regiões beneficiadas, começando pelos municípios de Timbaúba dos Batistas, no Seridó, e Goianinha, no Litoral-Agreste, justificando que durante todo o ano serão agilizados 47eventos visando mobilizar agricultores familiares, pescadores artesanais, mulheres e jovens.

O programa é realizado Governo do Estado, através da Emater-RN, em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), prefeituras municipais e outras lideranças. O investimento para este ano é de R$ 92 mil.

Ao contatar com Stúdio Rural a assessoria da extensão potiguar informou que para a gerente do programa, a socióloga da Emater-RN Ariamélia Bandeira, o objetivo do programa é promover a revitalização do território rural e resgatar e manter a auto-estima dos agricultores familiares; estimular o desenvolvimento da agroecologia e servir de complemento às atividades da produção familiar oferecendo produtos locais e que o investimento que beneficiará, em princípio, 500 pessoas visa potencializar os sistemas produtivos diversificados nas regiões onde o projeto será ativado. “Das 47 ações programadas para este ano, Ariamélia Bandeira destaca: o inventários turístico (em desenvolvimento), 20 oficinas interativas e temáticas, cursos preparatórios para o turismo (de gestão ambiental, agentes de turismo, gastronomia, artesanato), quatro seminários de avaliação, quatro intercâmbios estaduais e oito circuitos de caminhadas na natureza (para turistas e comunitários)”, relata.

Os inventários turísticos foram iniciados no sítio arqueológico de Pintadas, no município de Timbaúba dos Batistas, na região do Seridó, e no Vale do Catu, em Goianinha, no litoral agreste. Ariamélia ressalta que a atuação do projeto será, principalmente, nas áreas ds territórios do Seridó, Assu-Mossoró, Mato Grande e Trairi.

Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top