Zona da Mata Norte paraibana encerra discussões do Programa Territórios da Cidadania

Terminou nesta quarta-feira(04) o processo do lançamento e capacitação em torno do Programa Territórios da Cidadania do Território da Zona da Mata Norte paraibano, evento que aconteceu durante a segunda(03) e terça-feira(04) na cidade de Mamanguape e que contou com a participação de integrantes do Colegiado daquele Território.

style=FONT-FAMILY: Roman?,?serif? New ?Times>Segundo a assessora de comunicação do Incra-PB, Kaliandra Vaz, os integrantes do Colegiado do Território da Zona da Mata Norte discutiram, nesta terça-feira (04), na Casa Bella Recepções, em Mamanguape, a 48 km de João Pessoa (PB), o Plano Territorial e o calendário de implementação das ações previstas pelo Programa, lembrando que o Programa foi lançado oficialmente no dia 25 de fevereiro pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Kaliandra informou que cerca de 100 pessoas participaram dos debates, que reuniu representantes do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), de órgãos federais, estaduais e municipais, Organizações Não Governamentais (ONGs), movimentos sociais do campo, assentados, agricultores familiares, indígenas e pescadores.

style=FONT-FAMILY: Roman?,?serif? New ?Times>Stúdio Rural conversou com o delegado do desenvolvimento agrário, Marenilson Batista da Silva, que falou sobre os trabalhos desenvolvidos naquele ambiente e que ele próprio fez o papel de representante do governo brasileiro e de técnico no processo já que foi responsável em repassar as informações sobre o programa desde como processa a gestão até a quantidade de recursos dentre outras. “Nós tivemos a oportunidade de está com o papel de representante do Ministério e ao mesmo tempo como técnico do governo federal, mostrando exatamente toda a matriz tecnológica, mostrando como é que vai acontecer a gestão, mostrando como temos a recomposição dos colegiados e antigamente dizíamos: eu estou trabalhando no território rural para a agricultura familiar, nesta nova modalidade de território da cidadania estamos trabalhando para as pessoas que vivem naquele território, ou seja, é o conjunto de pessoas que moram na zona urbana e que moram na zona rural também, é o conjunto de toda a sociedade que vive, no caso específico da Zona da Mata Norte, nestes 19 municípios”, argumenta Batista ao dialogar com a equipe Stúdio Rural.

style=FONT-FAMILY: Roman?,?serif? New ?Times>Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural
Foto – Kaliandra Vaz

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top