Agricultura familiar de Massaranduba discute criação de abelha nativa

Famílias agricultoras do município de Massaranduba, Agreste paraibano, participaram de uma capacitação sobre a criação da abelha nativa Uruçu como mais um item a ser colocado na diversidade da agricultura familiar.

O evento aconteceu no último dia 06, na comunidade sítio Aningas, com ampla discussão sobre a importância da Uruçu para a produção de mel e para o processo de polinização na vegetação local e foi trabalhada pelo instrutor especialista Eriberto Teixeira numa promoção parceira da Empaer local, prefeitura municipal dentre outras. “Aconteceu um movimento muito bom lá em Massaranduba, tivemos uma palestra com o instrutor Eriberto Teixeira que é responsável em fazer capacitações aqui no Corpo de Bombeiros de Campina Grande para a coleta enxames de abelhas por acreditar que lugar de abelhas é no sítio, ele veio nos mostrar qual é a importância das abelhas para a agricultura, no momento nós passamos uns vídeos falando dessa importância, do que vem causando mortes nas abelhas e ao mesmo tempo nós fizemos uma pequena prática com coleta de mel nuns troncos de árvores já que os agricultores de Massaranduba ainda não usam as melgueiras, o costume ainda é aquele de guardar nos troncos”, explica o extensionista Rodolffo Travasso Barbosa ao iniciar diálogo com Stúdio Rural.

Rodolffo explicou que é objetivo do regional Empaer Campina Grande ampliar esse trabalho nos diversos municípios do regional no Compartimento da Borborema.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo