Plantio 2020 do Algodão orgânico no Pajeú pernambucano ultrapassa 70%

Agricultores e entidades do Pajeú pernambucano iniciaram e já estão em fase avançada do processo de plantio do algodão orgânico da safra 2020.

Conforme o presidente da Associação Agroecológica de Certificação Participativa do Pajeú e diretor do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Serra Talhada, Claudevan José dos Santos, diversas capacitações estão sendo proporcionadas à famílias agricultoras dos municípios Sertânia, Afogados da Ingazeira, Serra Talhada, São José do Egito e Mirandiba, no Sertão do Pajeú pernambucano, como parte de um trabalho continuado para capacitar agricultores e agricultoras experimentadoras participantes do projeto produtivo da safra deste ano 2020. “Estamos numa expectativa muito boa, a gente aqui no Sertão do Pajeú já iniciou os plantios, 70% dos agricultores já realizou o plantio e a expectativa é muito boa pra que a gente possa ter uma boa safra nesse 2020”, explica Claudevan Santos em contato com nosso público ouvinte.

Santos falou sobre o processo da época de plantio justificando que a orientação por parte das entidades é que os roçados destinados ao cultivo do algodão sejam plantados numa mesma época como estratégia de convivência com o inseto bicudo evitando que ele se transforme em praga nas áreas de produção. Ele garante que capacitações estão sendo trabalhadas junto as famílias produtoras com a inclusão de conhecimentos de como não voltar a ser vítima da praga do bicudo. “Em dezembro aconteceu o primeiro módulo, agora em janeiro já aconteceu o segundo módulo de formação capacitando os agricultores e os multiplicadores do projeto e agora em fevereiro já está marcado nosso terceiro módulo de formação para o fortalecimento da produção do algodão agroecológico”, explica em parte de amplo diálogo como nosso público ouvinte. Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo