Comércio Justo é tema de intercâmbio entre cooperativas e associações na Bahia

Próximo domingo(19), será realizado o 1º Intercâmbio de Boas Práticas do Comércio Justo, organizado pela Cooperativa Sem Fronteiras, no município de Uauá, Bahia, momento em que famílias agricultoras da Cooperativa Coopercuc receberão representantes de aproximadamente 25 associações e cooperativas da Agricultura Familiar do Nordeste. “Será um evento super importante, com trocas de experiências sobre a comercialização nacional e internacional do Comércio Justo e Solidário. Além disso, os participantes terão a oportunidade de conhecer um pouco mais a organização institucional da Cooperativa, sua estrutura produtiva e administrativa”, explica a assessoria Coopercuc acrescentando que esses conhecimentos são essenciais para a estruturação e crescimento de organizações que ainda estão iniciando nas práticas de comercialização, sendo possível ainda a realização de negócios entre os membros da própria Rede, durante o evento.

Aquela assessoria explica que a experiência da Coopercuc é reconhecida internacionalmente a partir da inclusão de seus produtos nos mercados de vários países da Europa, os deliciosos doces e geleias, produzidos com as frutas nativas do sertão. “Esse conhecimento sobre a realidade do processamento de frutas com vistas ao Comércio Justo e Solidário é também um dos focos desse Intercâmbio”, explica acrescentando que esse será o primeiro dos três intercâmbios, previstos até o início de 2022, que serão realizados como atividades do Projeto Apoio às relações comerciais de cooperativas e associações do Nordeste do Brasil junto ao comércio justo e solidário.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural / Coopercuc

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top