Embrapa promove encontro sobre formação de rede para caprinovinocultura no Nordeste

A Embrapa Caprinos e ovinos promove desta quarta até a próxima sexta-feira (8 a 10 de julho), no hotel Beira Mar, em Fortaleza, uma série de encontros com as organizações estaduais de pesquisa agropecuária (OEPAs) do Nordeste com o objetivo de viabilizar a formação de uma rede entre a empresa e as organizações estaduais para articular ações de pesquisa e ampliar a inserção de produtos, processos e serviços para as cadeias produtivas da caprinocultura e da ovinocultura no Nordeste, em parceria com BB e Sebrae.

A informação foi repassada ao Stúdio Rural pela assessora de comunicação daquela unidade de pesquisas, Adriana Brandão, em parceria com o jornalista Adilson Nóbrega, justificando que nos dois primeiros dias de encontro, Embrapa e OEPAs discutirão temáticas ligadas à caprinocultura e à ovinocultura no Nordeste, como linhas e projetos de pesquisa, tecnologias disponíveis e ações de fortalecimento para os dois setores. “As entidades formatarão a proposta da rede, que deverá articular processos de pesquisa e transferência de tecnologia nos diversos segmentos das cadeias produtivas de ovinos e caprinos. Já na sexta-feira, as entidades de pesquisa se reúnem com Sebrae e Banco do Brasil para firmar convênio de cooperação técnica no âmbito do Programa de Inclusão Produtiva da Ovinocaprinocultura no Semi-Árido, desenvolvido pelo BID, Banco do Brasil, Ministério do Desenvolvimento Agrário, de Ciência e Tecnologia e Sebrae”, complementa.

Aquela dupla informou que participarão do encontro a Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), a Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (Emepa) e a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) e que a Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos de Alagoas também foi convidada. “Nas reuniões, a Embrapa será representada pelas unidades Embrapa Caprinos e Ovinos (Sobral, CE), articuladora do encontro, Embrapa Meio-Norte (Teresina, PI), Embrapa Semi-Árido (Petrolina, PE), Embrapa Tabuleiros Costeiros (Aracaju, SE) e Embrapa Instrumentação Agropecuária (São Carlos, SP)”.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top