Fórum Cariri renova encontro com governo em plenária para o resgate da promessa de políticas de salvação

Representações de entidades dos municípios do Cariri Oriental estarão, novamente, realizando um encontro com o representante do Governo do Estado, via Secretaria da Agricultura Familiar, através do secretário da Pasta, Bivar Duda, que na plenária de julho recebeu pautas de reivindicações e se comprometeu( Clique e veja  ) com um conjunto de promessas que serão melhor compreendidas no renovado encontro.

A plenária de novembro acontecerá na próxima sexta-feira(26), de forma online, a partir das 9 horas da manhã e contará com representações da agropecuária e da agricultura familiar daquela região que clamam por políticas que venham minimizar a realidade crítica enfrentada em consequência da seca.

No mês de julho, recém-empossado, durante aquela plenária, Bivar explicou ter criado uma coordenação de política territorial objetivando tomar as medidas apropriadas de políticas por parte do governo junto às coordenações dos diversos territórios rurais e de identidade do Estado da Paraíba.

No encontro de julho último, o secretário pontuou a questão das políticas de salvação dos rebanhos paraibanos que já se encontravam num processo de dissolução com os proprietários se desfazendo em razão da falta de apoio diante dos insumos caros para a alimentação da pecuária. Bivar assegurou que o governo já tinha um grupo de trabalho discutindo e elaborando uma proposta emergencial: a primeira, nas políticas do governo do estado, e, a segunda, via Consórcio Nordeste a apresentar propostas reivindicatórias junto ao governo federal.  Vamos, portanto, ao próximo dia 26, que as lutas continuem.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top