Implantação de sistema agroflorestal é tema de dia de campo em Ribeirão Preto

Agricultores da reforma agrária do Assentamento Sepé Tiaraju, em Ribeirão Preto-SP poderão participar de dois dias de campo sobre implantação de sistemas agroflorestais no próprio Assentamento, nos dias 9 e 15 de janeiro de 2009, organizados pela Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP) e pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Superintendência de São Paulo.

A informação foi repassada pela assessora de comunicação da da Embrapa Meio Ambiente, Cristina Tordin, justificando que, conforme o pesquisador daquela unidade de pesquisas, João Carlos Canuto, os sistemas agroflorestais – SAFs visam a produção sustentável por serem uma combinação de árvores, arbustos, culturas agrícolas e animais, observando ser também uma alternativa de renda para as famílias assentadas, confluindo com harmonia o homem e a natureza e fortalecendo a permanência da agricultura familiar no campo.

Tordin informou que o pesquisador explica que esse é o principal objetivo da equipe do projeto, que trabalha há três anos com implantações de sistemas agroecológicos, buscando um modelo mais sustentável de produção agrícola nas regiões de Itapeva, Ribeirão Preto e Andradina.

Aquela assessora informou ainda qua o pesquisador é da opinião de que muitas das experiências em SAFs naquelas regiões têm garantido a sobrevivência dos assentados, além de se tornarem referência científica e social no Estado.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural
Foto : Luiz O. Ramos Filho

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top