Projetos para o desenvolvimento do Cariri Oriental são definidos em Soledade

Entidades diversas do Território do Cariri Oriental estiveram reunidas na última terça-feira(12/05) na Câmara Municipal de Soledade para definir as ações financiadas pelo MDA em contrapartida com as prefeituras locais destinados ao desenvolvimento daquela microrregião.

Para o vice-prefeito da cidade de Soledade, José Bento Leite, apesar de não atingir n[úmero de entidades suficientes para votar as instâncias do Fórum, decisões importantes foram tomadas a exemplo da ordem dos projetos a serem elaborados para o desenvolvimento da agricultura regional. “Estamos nesse processo de construção, decidimos os encaminhamentos das propostas dos projetos para 2009/2010, constituímos uma comissão e essa comissão técnica já vai a partir do dia 20 trabalhar na elaboração dessas propostas e a partir daí vamos ver como é gente dá continuidade a operacionalização do Fórum”.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais da cidade de Barra de Santana e vice-presidente da FETAG, Paulo Medeiros, disse que as entidades sociais saem contempladas já que a sociedade discutiu os projetos com autonomia e baseados na realidade dos municípios e disse que Barra priorizou as máquinas debulhadeiras e os projetos de apicultura para que possam ser melhor trabalhadas as ações com Banco de sementes e se viabilize a criação de abelhas na agropecuária regional.

O agente de desenvolvimento do Banco do Nordeste, Roberto Carlos, disse que todos os segmentos saem contemplados e falou sobre o papel dele enquanto representante do BNB no processo de construção dos projetos a serem apresentados na próxima reunião. “A gente trás um pouco do nosso conhecimento que a gente tem de projetos e ouvindo os agricultores que lidam no dia a dia dessas atividades, mas ajudando na montagem dos números e também trazendo informações científicas, informações de pesquisas, visto que o próprio Banco tem o escritório técnico que tem maiores informações sobre a região Nordeste, então é o mínimo que a gente pode contribuir na montagem desse projeto para que ele seja um projeto bem feito e, sobretudo, viável”.

Já o articulador daquele território, Carlos José Duarte Pereira, disse que a diversidade de participantes demonstra que as priorizações são de forma acertadas já que tem as propostas das representações diversas dos municípios e disse que programas estruturantes serão viabilizados em razão da compra de equipamentos para serem utilizados no fortalecimento da agricultura familiar. “Primeiro nós estamos fazendo um trabalho muito bem feito sobre a questão da produção de sementes para o Território do Cariri e a gente quer levar tanto para o Cariri Ocidental como para a Borborema e a Zona da Mata Sul para fazer um documento com esse projeto de formação de bancos de sementes e encaminhar para a SAF”.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top