Sudaneses conhecem projetos de irrigação em Pernambuco

Uma missão oficial, formada por empresários, executivos e integrantes do Governo do Sudão, está em visita ao Estado de Pernambuco.

A informação é da assessora de comunicação da secretaria estadual da agricultura, Jaqueline Macedo, informando que nesta (Quarta-feira dia 04), os sudaneses visitaram a sede da Embrapa Semi Árido, em Petrolina, no Sertão do Estado e acompanhados pelo presidente do IPA, Júlio Zoé de Brito, foram recepcionados pela chefe-adjunta de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa, Maria Auxiliadora Coelho Lima. “Ela apresentou aos visitantes uma palestra onde detalhou as áreas de atuação geográfica, bem como as linhas de pesquisa do órgão. Em seguida, percorreram o laboratório de vitivinicultura e os campos experimentais cultivados com maçã, pêssego, pêra e pomelo”, explica aqueça assessora, acrescentando que o grupo pretende conhecer e, futuramente, levar tecnologia brasileira na área da agricultura para implantar no Sudão.

Macedo informou que a tarde eles conheceram área de 18 mil hectares cultivados com cana irrigada no município de Juazeiro, na Bahia onde no local, o gerente executivo da Associação dos Usuários do Perímetro Irrigado de Tourão, Walter Gomes, mostrou os avanços na área de irrigação, com destaque para o sistema de gotejamento, que permite uma produtividade de até 120 toneladas de cana por hectare na área da Usina Agrovale.

Já nesta quinta-feira(05), informou Jaqueline, a missão visita as dependências da Fazenda Timbaúba Agrícola, do Grupo Queiroz Galvão, na zona rural de Petrolina já que a empresa é especializada na produção de manga e uva e é uma das mais importantes exportadoras do país. “A missão africana chegou ao Recife na segunda-feira (02), onde iniciou a programação com visita à sede do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), onde foi recepcionada pelo presidente da instituição, Júlio Zoé de Brito. Em seguida, a comitiva esteve na Estação Experimental de Cana-de-Açúcar de Carpina (EECAC), na Zona da Mata Norte, conhecendo as pesquisas para o melhoramento genético e controle de pragas e doenças da cana de açúcar”, explica a jornalista ao dialogar com a equipe do Programa Domingo Rural, acrescentando que à tarde, a missão sudanesa seguiu para a Biofábrica Governador Miguel Arraes, do Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste (Cetene), também voltada à produção de cultivares de cana-de-açúcar adaptadas a cada uma das microrregiões. “Eles ainda conheceram a estufa de climatização de mudas do Cetene, localizada em Igarassu, na Região Metropolitana do Recife, de onde seguem para a Estação Experimental do IPA, em Itapirema, no município de Goiana”.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top