Trabalho de agricultura familiar na Paraíba remete a renovação de projeto junto a Petrobrás

“Hoje, pela Petrobrás, eu vim para fazer uma análise do que já foi construído com o projeto que foi dado como seleção pública em 2006 e pelo que eu pude observar o projeto está perfeito, já atendeu todos os objetivos a que se propões e eu acho que uma renovação neste ponto seria o mais adequado a fazer já que o projeto já passou por todos os critérios que ele mesmo já tinha colocado como que seria”.

O argumenta é do representante da Petrobrás, Cláudio de Jesus, que ao dialogar com Stúdio Rural fala sobre os objetivos de sua vinda á Paraíba onde nesta segunda-feira(18) esteve durante todo o dia visitando experiências de agricultores e agricultoras familiares nos municípios de Pocinhos, Olivedos e Soledade além de receber representações de mais oito cidades da região do Cariri, Seridó e Curimataú contempladas no Projeto Águas Para o Semi-árido destinando recursos para aplicação na estruturação de propriedades familiares numa prática de agroecologia. “A questão é que depois que faz um ano de projeto você consegue dentro do projeto de seleção pública da Petrobrás a gente já abre a possibilidade da instituição renovar esse projeto, quer dizer, é um novo projeto com o valor um pouquinho acima em razão da inflação ou mesmo em função dos gastos que possa ter para que sejam feitos novos objetivos, neste caso de água no Semi-árido vai ser um dos objetivos de produção”, justifica Jesus, dizer ter o entendimento de que a fase mínima de segurança já foi alcançada, tendo o compromisso de atingir uma fase de produção de alimentos para a comercialização.

Jesus disse que o que mais o chamou a atenção foi a capacidade de solidariedade entre os grupos das cidades diversas que estiveram presentes expondo os resultados das experiências trabalhadas com ações integradas e estruturadoras na propriedade familiar agroecológica, acrescentando que a Petrobrás tem linhas de atuação no campo de responsabilidade socioambiental. “A Petrobrás tem três linhas de atuação: neste caso da responsabilidade social a gente tem a responsabilidade socioambiental, na área ambiental acabamos de lançar o ‘Programa Petrobrás ambiental’, foi muito importante, nós estivemos lá, muitos depoimentos, muitos testemunhos de que esses projetos ambientais vêm realmente mudar a estrutura no interior do país”, relata a autoridade ao dialogar com Stúdio Rural, acrescentando que no social a Petrobrás tem três linhas de atuação que é na juventude, na criança e adolescência, na educação e qualificação profissional.

Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top