Transferência de Tecnologias discute produção de sementes com agricultores paraibanos

A Embrapa Transferência de Tecnologias, escritório de Campina Grande, promoveu um encontro de entidades de agricultores do Estado da Paraíba com o diretor executivo da unidade sede Brasília, José Geraldo Eugênio de França, em evento que aconteceu no último dia 04 tendo como local o escritório do SNT, em Campina Grande e objetivo discutir com a Embrapa assuntos relacionados ao plano de produção de sementes do governo federal.

Para o gerente da Embrapa Transferência de Tecnologias, em Campina Grande, Heleno Alves de Freitas, o encontro faz parte de constantes pedidos das entidades de agricultores que trabalham sementes nativas, interessadas em discutir o papel da Embrapa nas políticas governamentais em torno da produção de sementes que fortaleçam a agricultura familiar estadual.

Stúdio Rural entrevistou o componente da Articulação da ASA-PB, Articulação do Semi-árido Paraibano, do Fórum do Território do Cariri e vice-prefeito da cidade de Soledade, José Bento(foto), que disse ter sido um encontro de fundamental importância porque com isso o Fórum apresenta ao representante da Embrapa a proposta das entidades para um programa de sementes que fortaleça a agricultura familiar do Estado. “Achamos por demais importante no Fórum, essa discussão ser trazida pra apresentar também ao doutor Eugênio e ver como é que a Embrapa absorve também essa preocupação do ponto de vista de produzir ou reproduzir as sementes da nossa região, tendo em vista que o governo federal já tem uma parceria com a Embrapa que é um instrumento do governo em produção de tecnologias, mas tem produzido algumas sementes que, não quero dizer que não seja semente boa, mas que não tem aquelas características da nossa região de se adaptarem bem a nossa a adversidade de nosso clima, a irregularidade de nossa chuva, a questão da produção de massa verde para a alimentação animal e assim trazendo outras sementes a gente vai dificultando a produção de nossa semente”, argumenta Bento, dizendo ser importante essa integração que pode fazer com que a Embrapa possa reproduzir as sementes regionais.

O diretor executivo da Embrapa, José Eugênio, disse que a empresa de pesquisas, através do escritório de Campina Grande discutirá as propostas para encontrar uma forma que contemple a pesquisa associada aos interesses das entidades de agricultores familiares.

Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top