Universo Rural discute Programa Nacional de Alimentação Escolar em territórios paraibanos

Discutir detalhadamente o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e sua eficácia na agricultura familiar, na vida da rede pública de ensino e fortalecimento do mercado local foi uma das metas do Programa Universo Rural da Rádio Bonsucesso de Pombal nesta sexta-feira(21).

O tema foi trabalhado a partir de entrevista com o agente de dinamização econômica da Secretaria de Desenvolvimento Territorial do MDA, Antônio Souto(foto), falando sobre o processo de organização da agricultura familiar objetivando produzir e vender gêneros alimentícios destinados à merenda escolar quando ele informou que serão seminários em todos os territórios do estado da Paraíba. “O objetivo dos seminários é discutir, junto aos gestores públicos e a sociedade civil, as diretrizes do PNAE, e construir compromissos e agendas para a compra dos produtos da merenda escolar em cada município”, explica Souto, lembrando que entre os participantes fazem parte prefeitos, secretários municipais de Educação e de Agricultura, representantes de sindicatos de trabalhadores rurais, associações, cooperativas, Conselhos municipais de desenvolvimento rural sustentável e técnicos da extensão rural em cada território.

Souto informou que já foram realizados evento nos territórios Cariri Oriental na cidade de Boqueirão no dia 19; Zona da Mata Norte, em Sapé (dia 20); Curimataú, em Picuí (nesta sexta-feira dia 21). Também estarão acontecendo eventos no Médio Sertão, em Patos (dia 25); na Borborema, em Lagoa Seca (dias 26 e 27); na Zona da Mata Sul, em Pedras de Fogo (dia 27) e no Cariri Ocidental, em Monteiro (dia 02 de fevereiro) e garante que com organização a agricultura familiar irá atender com sobra o programa de alimentação da rede pública escolar de todo o estado “Na verdade quando a gente vê que a agricultura familiar em nível nacional é responsável por 70% de tudo que vai pra mesa dos brasileiros essa produção existe, ela não está na verdade mapeada, catalogada, ou seja, a gente não sabe aonde é que está direito, quais são os grupos que realmente estão fornecendo já que tem associações que se preocupam talvez só com as demandas comunitárias, mas têm associações já se dedicando a produção, organizar produção, procurar mercado”, explica aquele mobilizador social.

Ele lembrou que o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) é responsável pela alimentação dos alunos do sistema público de ensino., que a gestão da merenda funciona de num processo que vai valorizar o mercado de cada município. “Segundo a lei, a aquisição de gêneros alimentícios deverá ser realizada, sempre que possível, no mesmo município das escolas. Quando o fornecimento não puder ser feito localmente, as escolas poderão complementar a demanda entre agricultores do território, estado e país, nesta ordem de prioridade”, finaliza Souto.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Universo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top