Barra de Santa Rosa discute crédito agrícola e previdência

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Barra de Santa Rosa, Curimataú paraibano, realizou assembleia no último dia 04 de abril objetivando discutir temas de importância para o desenvolvimento do rural daquele município.

Conforme o diretor daquela casa sindical, Adriano de Sousa Leite, a assembleia contou com participação das famílias agricultoras e trabalhadores rurais do município, representações do BNB, Polo Sindical da Borborema dentre outras e discutiu o acesso ao crédito e renegociação de dívidas junto as instituições bancárias credoras da agricultura municipal, discutiu reforma da previdência, alteração da razão social e reforma do estatuto social da entidade além da prestação de contas. “Stúdio Rural já é marca registrada aqui na nossa região como um dos mais importantes instrumentos de comunicação aqui na nossa região, o sindicato de Barra de Santa Rosa, em parceria com as associações comunitárias, com o Banco do Nordeste, em parceria com o Sindisprev que é o Sindicato dos Servidores da Previdência Social, em parceria também com o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural sustentável realizou uma grande assembleia aonde esteve presente mais de duzentos agricultores e agricultoras e nós discutimos aqui uma pauta muito boa, uma pauta enxuta e que está na ordem do dia que é a questão do acesso ao crédito, a renegociação de dívidas dos agricultores familiares, a questão da reforma da previdência com a MP 871 e a 873 e também fizemos a prestação de contas do sindicato referente ao exercício de 2018 e, por último, nós fizemos a alteração da razão social do sindicato dos trabalhadores rurais incluindo, invés de trabalhadores rurais, agricultores e agricultoras familiares”, justifica Adriano Leite ao iniciar diálogo com nosso público ouvinte Programa Esperança no Campo e Programa Domingo Rural.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo