Fórum territorial muda razão para Instituto de Desenvolvimento do Cariri Oriental

Representações de entidades dos municípios componentes do território Cariri Oriental participaram da reunião plenária do mês de abril do Fórum de Desenvolvimento Territorial do Cariri Oriental Paraibano objetivando continuar o processo de discussão para os avanços das ações e políticas naquele território.

Programa Esperança no Campo da Rádio Queimadas FM e Programa Domingo Rural da Rádio Serrana de Araruna entrevistaram o secretário da Agricultura do município de Cabaceiras, Joanício de Morais Castanha Neto, falando sobre o conjunto das discussões acontecidas no evento realizado na última terça-feira, 02 de abril, no Espaço Nordeste, naquela cidade. “É de uma importância muito grande tendo em vista que com a criação do instituto nós vamos poder receber ainda mais políticas públicas trazidas pelo governo federal e pelo governo estadual que venham beneficiar a região como um todo tendo em vista que somos um território e tínhamos no passado uma política que trabalhava com os territórios e, como acabou essas políticas e somos um território em funcionamento, vimos a necessidade da criação de um instituto que é tão importante para nossa região”, explica Neto Castanha ao dialogar com nosso público ouvinte da Queimadas FM e Serrana de Araruna fazendo um balanço do que foi a luta territorial em anos passados com ofertas financeiras de governos e ao mesmo tempo a afirmativa política das entidades na prática de se aglutinar na construção de discussões democráticas.

Castanha falou sobre as estratégias dos agricultores e da administração público municipal para superar a seca de 2012 a 2017 e sobre as ações conjuntas que estão sendo desenvolvidas a partir de 2018 para soerguer a economia municipal no urbano e no rural.

O evento territorial priorizou discussões e a realização da eleição para a nova diretoria executiva daquele instituto além de construir encaminhamentos para o mês de maio.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo