Cariri Ocidental define projetos 2009 para o desenvolvimento territorial

Em reunião realizada no último dia 12 na cidade caririzeira de Prata, lideranças de entidades diversas definiram os projetos a serem implementados para o desenvolvimento daquela microrregião com recursos financeiros do Governo Federal através de Ministérios diversos e contrapartida do executivo local.

Equipamentos para o fortalecimento da apicultura, feira agroecológica para o fortalecimento da agricultura familiar com venda direta aos consumidores das cidades de São Sebastião do Umbuzeiro, Prata e Zabelê, instalação de uma unidade de beneficiamento da fruticultura com instalação na cidade de Assunção e benefícios as famílias agricultoras de cidades próximas aquele município, espaço para a venda da produção desenvolvida pelas mulheres daquele território são exemplo das ações e investimento que estão sendo disponibilizados naquela microrregião após a votação das lideranças na priorização da aplicação dos recursos públicos.

Para o secretário adjunto da agricultura do município de taperoá, Francisco Ronaldo Bezerra Victor, Chiquinho, o encontro representou a finalização de uma trajetória de discussões em torno das aspirações e opções na implementação de políticas que possam fortalecer os municípios de forma integrada. Ele garante que Taperoá é um dos municípios beneficiados, principalmente na apicultura, já que aquele município está com uma associação de apicultores bem organizada e fará bom proveito do investimento feito com os recursos governamentais.

O style=LINE-HEIGHT: 115%; FONT-FAMILY: ‘Calibri’,’sans-serif’; FONT-SIZE: 11pt; mso-fareast-font-family: Calibri; mso-bidi-font-family: ‘Times New Roman’; mso-ansi-language: PT-BR; mso-fareast-language: EN-US; mso-bidi-language: AR-SA>técnico da base de serviços e comercialização dos produtos da agricultura familiar daquela região e componente da Coopagel, Roberto Oliveria Barros, disse que aquela cooperativa de prestação de serviços estará com seus técnicos acompanhando agricultores e empreendedores no ramo da apicultura, beneficiamento de frutas, organização e gestão das feiras agroecológicas e as ações da cadeia produtiva do artesanato. “A gente já vem a uns quatro ou cinco anos já trabalhando essa perspectiva de formação de grupos de interesse e estruturação dos grupos para a produção trabalhado na questão da produção primária”, revela, dizendo acreditar no sucesso de toda a cadeia produtiva daquela região.

A secretária de agricultura do município de Assunção, Josefa Leal de Melo, Graça Melo, disse que os municípios de Taperoá, Livramento, Assunção e São José dos Cordeiros, com a chegada da unidade de beneficiamento para a fruticultura local vão intensificar sua capacidade produtiva, especialmente do Caju que até então tem um aproveitamento amplo apenas da castanha, perdendo partes importantes do pseudofruto. “Eu acho que vai haver mais benefício, mais emprego, porque a gente vai pegar a fruta e vai fazer o suco e vai fazer a polpa”, relata Graça.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top