CNA pede inclusão de produtores rurais nos grupos prioritários de vacinação

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) enviou nesta sexta(29) um ofício ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, solicitando a inclusão dos produtores rurais e demais envolvidos na cadeia de produção de alimentos entre os grupos prioritários de imunização contra o coronavírus.

A informação é da assessoria da Faepa-PB, justificando que o pedido é para que eles sejam incluídos dentro das ações do Programa Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, do Governo Federal. “No ofício direcionado ao ministro, o presidente da CNA, João Martins, justificou a importância da produção de alimentos e a garantia de abastecimento à população pelo setor agropecuário, considerado como atividade essencial na pandemia pelo Decreto 10.282/2020, do Ministério da Agricultura”, explica assessoria.

Aquela assessoria explicou que o presidente da CNA lembrou que os países que tiveram maior êxito na contenção do vírus foram aqueles que adotaram, como ações prioritárias, medidas relacionadas à saúde e à alimentação e também destacou que saúde e economia estão conectadas, o que reforça a necessidade de incluir os produtores e demais envolvidos na cadeia de produção de alimentos entre os grupos prioritários na vacinação.

Para o presidente da entidade agro, explica aquela assessoria, a imunização dos produtores rurais brasileiros, que exercem uma atividade considerada essencial à segurança alimentar da população, certamente proporcionará garantia de abastecimento e maior tranquilidade às populações urbanas, contribuindo também para os esforços do governo para restabelecer a economia com a redução do tempo ativo da pandemia.

Programa Esperança no Campo / Stúdio Rural / CNA/Faepa

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top