Energia solar no rural e no urbano do semiárido é destaque no Programa Domingo Rural

Reafirmando o fato de ser uma comunicação rural especializada e sustentável na região semiárida brasileira, o Programa Domingo Rural deste domingo, 13 de dezembro, dando continuidade às temáticas da geração de energia solar na área rural e urbana da região semiárida, entrevistou o representante de uma empresa especializada na instalação dos sistemas geradores da energia solar em todo o território nacional e com representação direta na Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. “Nós somos da empresa Soluttion Energia Inteligente que é uma empresa paulista com várias filiais espalhadas por várias regiões do país e nós representamos justamente Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte”, explica Ricardo Araújo de Medeiros em contato direto com nosso público ouvinte da Rádio Serrana de Araruna e Rádio Stúdio Rural detalhando os passos iniciais a serem dados para a construção e execução de projetos junto a empresas de créditos e concessionárias de energia, dentre outras, assegurando ser um estudo de caso sem custo inicial para o proponente da ação.

Em amplo diálogo com nossa equipe Stúdio Rural e emissoras parceiras, aquela liderança falou sobre como funciona a elaboração do projeto para o empreendedor rural e ou urbano, sobre custos de contratação de projetos, sobre as formas técnicas de como se dar o armazenamento da energia junto a mega empresa de energia elétrica tradicional e como se dar a distribuição dessa energia junto ao agricultor ou empreendedor urbano; qual o tempo para pagar o projeto junto a instituição bancária financiadora, sobre tempo de pagamento do projeto e carência para pagamento inicial dentre outras sustentáveis informações. “A energia solar além de trazer a auto suficiência da necessidade energética, quando você vai pagar o financiamento que geralmente é feito através de financiamento, você paga já menos do que você já pagava a concessionária de energia, então não cabe a argumentação de que a pessoa está numa situação de momento difícil com situação financeira apertada porque a pessoa vai passar a consumir uma energia limpa, vai pagar menos do que já paga na fase do financiamento e quando acabar o financiamento ela fica com energia gratuita por mais de 20 anos”, explica detalhando a tese argumento.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top