Frutiaçu se destaca no comércio paraibano; a macaxeira a vácuo é uma das novidades

Diante deste cenário, a Cooperativa Agroindustrial de Piabuçu (FRUTIAÇU), fundada em 15 de setembro de 2009, com endereço no Sítio Piabuçu, Zona Rural do Município de Rio Tinto (PB), tem sobrevivido e apresentado bom desempenho neste período de crise sanitária, segundo o seu diretor-presidente Benedito Tavares. “Além de seguirmos com todas as orientações do Ministério da Saúde para combate do Coronavírus de forma consciente e segura, reafirmamos nosso compromisso com os cooperados e a comunidade”, assegurou Benedito. “Nossa equipe está preparada para lidar com os cooperados neste momento, entender suas necessidades inadiáveis, oferecer os melhores produtos e serviços mais adequados, e acentuar este compromisso que estabelecemos todos os dias, de estar ao seu lado todos os momentos”, garantiu o presidente.

Benedito chama a atenção dos governantes. “A nossa cooperativa FRUTIAÇU gera mão de obra, movimenta o comércio e coloca no mercado produto diferenciado, mas nada disso sensibiliza órgãos governamentais. Muita conversa e pouca ação”, disse o diretor.

Benedito ainda disse que dos Municípios do Vale do Mamanguape, Mataraca e Rio Tinto dão bons exemplos aos demais. “Os dois municípios compra as nossas polpas de frutas para compor as cestas básicas emergenciais, neste período de pandemia. É um bom exemplo pra os demais municípios do Vale”, comentou Benedito.

Conforme informações daquele presidente, a referida cooperativa tem trabalhado no caminho certo e está vendendo para alguns supermercados do comércio de Mamanguape produtos como macaxeira embalada a vácuo, uma das novidades no mercado local.

Benedito ainda disse que a Frutiaçu conta com uma parceria com 63 sócios da Região do Vale do Mamanguape: Rio Tinto, Mamanguape, Baía Traição, Mataraca, Itapororoca, Natuba, Sapé, Lagoa de Dentro, Araçagi e outros. “Somos filiados ao Sistema OCB/PB, que vem nos apoiando desde a fundação. Temos apoio do SEBRAE, temos veículos adequados para transportar a Polpa de Frutas”, assegurou Benedito.

Para encerrar, o Diretor Benedito assegurou, que a Frutiaçu não é só polpa de frutas, e sim vários produtos da Agricultura Familiar. A grande novidade no comércio é a macaxeira embalada a vácuo. A nossa cooperativa gera empregos, desenvolve região e asseguro que é o maior feito do Vale Mamanguape, dos últimos anos.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural / Vale Notícia

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top