Mulheres pernambucanas ocupam ruas do Recife pra dizer não a violência

Mulheres pernambucanas do campo e da cidade e entidades componentes do movimento de mulheres e feministas de pernambuco prometem fazer desta sexta-feira, 08 de março, um dia histórico na luta por direitos e igualdade. Unidas pelo mote: “Marielles: Livres do Machismo, do Racismo e Pela Previdência Pública”, milhares de mulheres sairão às ruas às 16h contra as medidas adotadas do novo governo de Jair Bolsonaro.

A informação é da assessoria de comunicação do movimento explicando que a concentração está prevista para às 14:00 horas, na Praça do Derby, no Recife, quando serão realizadas rodas de diálogos sobre cinco dos onze eixos temáticos que compõem o ato: Contra o Racismo: Vidas Negras Importam; Contra a Reforma da Previdência: Proteção Social é um Direito de Todas as Mulheres; Pela Vida das Mulheres: Não ao Feminicídio/Queremos políticas públicas efetivas de redução da violência; Em defesa da autonomia sobre nossos corpos: legalizar o aborto é proteger a vida das mulheres; e, Por Marielle: queremos uma participação política que não signifique um risco a nossas vidas e que no percurso do ato, a população poderá ver intervenções artísticas relacionadas às temáticas.

Em contato com Stúdio Rural, a assessora Emanuela Marinho de Castro explicou que o ato é realizado anualmente para denunciar as desigualdades que atingem as mulheres explicando que a situação tem sido cada vez mais preocupante. “Segundo o estudo realizado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública junto com o Instituto DataFolha, em 2018, a cada hora, 536 mulheres sofreram agressão física, somando 4,7 milhões de vítimas. Do total de entrevistadas, 42% afirmaram terem passado por violência no ambiente doméstico. De acordo com os dados do Atlas da Violência 2018 (Ipea e Fórum Brasileiro de Segurança Pública), em 2016, a taxa de homicídios de mulheres negras foi 71% superior à de mulheres não negras”, justifica aquela assessora ao dialogar com Stúdio Rural.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo