Município de Queimadas recebe Programa de Documentação da Trabalhadora Rural

Durante a manhã e início da tarde desta segunda-feira(08/09) comunidades diversas do município de Queimadas receberam os benefícios do Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural, desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário e pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em evento que aconteceu no Sítio Capoeiras, na Escola Municipal Maria Cardoso, e contou com a presença da equipe Stúdio Rural entrevistando lideranças e representações de agricultores, autoridades locais e representações governamentais.

Para a agricultora e presidente da Associação dos Agricultores do Sítio Catolé dos Simões, Alessandra Barbosa Miranda, o evento foi de fundamental importância já que as famílias de agricultores dos recantos do município puderam se documentar com ações diversas num único local. “Trouxemos o pessoal de Catolé, Torrões, Brito e por isso arrumemos ônibus e maios diversos com a vinda de mais de 120 pessoas. Como é importante ter essa oportunidade senão esse pessoal não estava documentado”, afirma a liderança.

Já o delegado federal do desenvolvimento rural, Marenilson Batista da Silva, trata-se de mais uma ação do governo federal através do Ministério do Desenvolvimento Agrário, com mais uma etapa que terá funcionamento em cidades diversas durante toda essa semana. “Nós estamos trabalhando na Paraíba os mutirões nos territórios da cidadania onde já fizemos a Mata Norte, fizemos a Mata Sul, estamos hoje aqui na Borborema no sentido de que o ano inteiro estejamos trabalhando para garantir a cidadania especialmente a trabalhadora rural que é o grande foco de nosso trabalho é atender a trabalhadora rural mas, como as mulheres não são egoístas também trabalha a documentação dos homens e na oportunidade estamos trazendo carteira de identidade, CPF, Carteira de Trabalho, estamos trazendo defensoria pública, Sindicato de Trabalhadores Rurais, INSS, ou seja, é um conjunto de pessoas que vêm trazendo cidadania para a população, principalmente a população rural”, argumenta Batista.

Ao dialogar com Stúdio Rural a presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Queimadas, Maria Anunciada Flor Barbosa Morais, disse ser um importante espaço para as famílias de agricultores e dentro desse reconhecimento a entidade sindical fez grande esforço para envolver um maior número possível de famílias de localidades diversas do município acrescentando que objetivando somar com os esforços das entidades, aquele sindicato colocou a disposição das entidades um trabalho de distribuição de mudas variadas numa ação em parceria com a AS-PTA e divulgando os trabalhos desenvolvidos pelas entidades de agricultores do Compartimento da Borborema a exemplo dos Bancos de Sementes, forma de produção agroecológica, dentre outras ações e a distribuição de materiais informativos contendo as experiências da agricultura familiar vinculada a Asa Paraíba. “Nós fizemos uma reunião, articulamos todos os presidentes de associações do município de Queimadas assim como também a prefeitura que foi comunicada através do Incra que era necessário também está fazendo parte dessa parceria onde a prefeitura disponibilizou o carro dos estudantes para trazer os agricultores até o local”, explicou a liderança dos agricultores e agricultoras daquele município paraibano.

Nesta terça-feira (09), o programa continuará na comunidade Lucas, no município de Campina Grande; na quarta-feira (10), o mutirão estará na escola estadual de ensino fundamental Manoel Evelino de Paiva, comunidade Cajá, no município de Caldas Brandão; na quinta-feira (11), Memorial Augusto dos Anjos, em Sapé; sexta-feira (12), o evento será realizado no Projeto de Assentamento Chico Mendes, em Riachão do Poço; no sábado (13), o mutirão irá para a escola estadual de ensino fundamental José Pedro de Araújo, comunidade Guarita, no município de Itabaiana; no domingo (14), o mutirão estará no Projeto de Assentamento Massangana II, município de Cruz do Espírito Santo; na segunda-feira (15), a ação do mês de setembro será encerrada na escola municipal Flávio Ribeiro Coutinho, no Projeto de Assentamento Amarela I, em São Miguel de Taipú.

Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top