Programa Cisternas nas Escolas contempla 12 estabelecimentos em município do Sertão pernambucano

Quase metade das escolas existentes hoje em Lagoa Grande serão contempladas com o Programa Cisternas nas Escolas. O argumento é do assessor da prefeitura daquele município, Sérgio Martins, em contato com Stúdio Rural, explicando que na tarde da última sexta-feira(20), o prefeito Dhoni Amorim, o secretário de orçamento, planejamento e gestão, Robson Amorim e o secretário de educação, professor Daniel Torres se reuniram pela terceira vez com os representantes do NEPS, Núcleo de Educadores Populares do Sertão de Pernambuco para o planejamento da segunda etapa do programa.

Trata-se das ações da ASA Brasil, Articulação no Semiárido Brasileiro financiadas pelo MDS, Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome na lógica de convivência com o semiárido e, segundo aquele assessor, a fase inicial está prevista para o próximo mês de março e a conclusão total de todas as cisternas funcionando até janeiro do próximo ano. “Para o prefeito Dhoni, tudo o que compete a prefeitura será disponibilizado”, explica aquele assessor acrescentando que o gestor opina que a prefeitura entra com a logística da organização do programa nas escolas, a escavação, a manutenção da água e das cisternas durante todo o ano com o objetivo de envolver todas as famílias no projeto que beneficiará a todos.
Aquela assessoria explicou que na próxima sexta-feira(27/02) o prefeito Dhoni, junto ao secretário de educação irão a cidade de Dormentes–PE  acompanhar o lançamento regional do programa.
Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top