Desenvolvimento Florestal capacita extensionistas do RN em manejo da caatinga

Cerca de 25 extensionistas rurais da Emater do Rio Grande do Norte estão participando de uma capacitação sobre o bioma do semiárido, conhecido como caatinga, em evento iniciado nesta segunda-feira(16) tendo como local o Centro de Treinamento Dom Wagner, no município de Caicó, na região do Seridó potiguar.

Segundo a assessora de comunicação daquela empresa de extensão, Luciana de Oliveira, trata-se de um trabalho que entra na última etapa, ação que foi dividida em quatro módulos, iniciado no mês de novembro de 2014 e que será concluído na próxima sexta-feira, 20 de março, ação que é resultante de uma chamada pública promovida pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento Florestal, da qual a Emater-RN foi a instituição vencedora. “Segundo a coordenadora do evento, engenheira florestal da Emater-RN, Albanita Peixoto, o objetivo do projeto é capacitar uma equipe técnica de extensionistas rurais, pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte, sobre os sistemas de manejos florestais na caatinga, visando contribuir para reduzir os efeitos do extrativismo predatório e para a conservação da biodiversidade”, explica aquela assessora.
Aquela assessoria explica que a programação dos módulos da capacitação consta de atividades teóricas e práticas com enfoques para temas como: conceitos básicos do bioma caatinga, utilização de aparelhos GPS, elaboração de mapas das reservas a serem trabalhadas, a criação de uma base de dados para avaliar as informações, abordagem de manejo florestal sustentável e a elaboração de projetos. “Segundo o instrutor e engenheiro florestal contratado pela empresa Nordeste Reflora, o pernambucano Moisés Santos, nessa fase final do treinamento, os extensionistas rurais vão elaborar os planos de manejo com focos em diversas áreas do potencial da caatinga. Além disso, vão atuar como agentes multiplicadores junto aos agricultores familiares das regiões selecionadas e mapeadas em áreas do semiárido norte-rio-grandense”, explica Oliveira ao dialogar com Stúdio Rural.
Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top