Emater-RN implanta tecnologia social para produção de alimentos

Quem precisa plantar o próprio alimento, tem que esperar pelas chuvas e torcer para que elas venham no tempo e na quantidade certa. Mas tudo isso pode mudar com a implantação do projeto Segunda Água pela Emater-RN em 2009.

Segundo o assessor de comunicação da extensão potiguar, Iano Flávio Maia, o programa prevê a instalação de barragens subterrâneas em pequenas propriedades para produção de alimentos para consumo da família e garante que serão investidos R$ 3 milhões em parceria do Governo do Estado com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).

Iano informou que o cronograma do projeto Segunda Água reserva o ano de 2009 para a seleção das famílias e construção de 390 sistemas de produção compostos por barragens subterrâneas, renques, barramentos ou poços amazonas, de acordo com as condições físicas e geológicas da propriedade. “Terão prioridade no programa famílias de agricultores familiares, chefiadas por mulheres, com crianças até seis anos ou idosos e deficientes”, justifica Flávio.

Em 2010, segundo ele informou, serão implantados hortas e pomares agroecológicos nas propriedades atendidas pelo programa, acrescentando que serão 14,7 mil mudas de plantas frutíferas da região, além de hortaliças e ervas medicinais para o consumo das próprias famílias. “Além da construção dos equipamentos, 1,8 mil agricultores e 60 extensionistas serão capacitados para a construção e uso das tecnologias, além de noções de alimentação saudável e segurança alimentar”, acrescenta.

As barragens subterrâneas, renques e barramentos são equipamentos simples e de baixo custo que podem ser construídos pelos próprios agricultores utilizando implementos encontrados na propriedade. Essas tecnologias ajudam a conservar o solo, evitam a erosão, permitem a ampliação das áreas cultiváveis e ainda armazenam água no subsolo para produção de alimentos.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top