Fugindo do Covid-19 e renovando esperanças, agricultor sertanejo comemora nova idade refugiado em roçado de algodão orgânico

Segunda-feira, 08 de junho, é a data em que o agricultor familiar Salustriano de Oliveira Leite, Salu, residente e produtor na comunidade Bela Vista, zona rural de Água Branca, Sertão paraibano, completa nova idade.

Para comemorar a data e fugir do novo Coronavírus, ele iniciou o dia fazendo verdadeira turnê pelos recantos de seu roçado de algodão agroecológico que já está às vésperas da colheita e ao mesmo tempo, através do Stúdio Rural, anunciar ao mundo que, atendendo todos os requisitos técnicos fitossanitários, é possível produzir o algodão e ter uma importante cultura a somar para o fortalecimento da agricultura familiar semiárida. “Hoje estou na roça muito feliz, Antônio, porque hoje é uma data especial pra mim por está completando 63 anos e trabalhando ainda com toda a garra, graças a Deus, só tenho a agradecer a Deus, estou muito feliz por viver essa data especial começando o dia aqui na roça”, comenta Salu ao dialogar com Stúdio Rural nas primeiras desta segunda-feira.

Ele garante que está atendo todos os requisitos para se manter livre do novo vírus e garante que a produção do algodão orgânico está segura, lamenta o fato de esse ano possivelmente não ter condições ser realizado dias de campo sobre a cultura e assegura que em aproximadamente 30 dias se dará o início da colheita algodoeira. “A colheita é pra logo, não vai demorar muito não, aqui e acolá já está abrindo um capucho, já abriu alguns bilôtos e não está mais nem florando, o algodão já está bem pronto para abrir e acredito que daqui há um mês já tenho bastante algodão catado, pelo que estou vendo”, explica o agricultor ao dialogar com Stúdio Rural.

De toda nossa equipe Stúdio Rural, Salu recebe o desejo de que, na graça de Deus, tenha muitos anos de vida com paz e luz. Felicidades sempre.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top