Professores e alunos preparam vitrine tecnológica em campo para X Festival do Umbu em Sumé

Estudantes e professores da Escola Agrotécnica de Ensino Fundamental Deputado Evaldo Gonçalves de Queiroz, em Sumé, Cariri Ocidental paraibano, estão desenvolvendo um trabalho de campo com culturas diversificadas em consórcio tendo como ênfase a cultura do umbu.

Conforme a diretora daquela casa de ensino, Maria Raquel Batista Lêla, as aulas de campo estão acontecendo com os professores André Farias, Daniel Duarte, Frutuoso Severo e Severino Alcântara e objetiva fortalecer um consórcio de culturas do umbu com palma, seriguela, pinha e sisal(agave) além da inclusão de mudas de cactáceas por sementes e arborização com espécies da caatinga. “A gente já está se organizando com iniciativas para o Décimo Festival do Umbu que está com data prevista para a primeira semana de maio, a gente ainda vai definir os dias dessa semana de maio e os alunos já estão organizando o campo que contará com uma área esse ano junto com o pessoal da universidade(UFCG/Sumé), tendo em vista que a escola agrícola se encontra dentro da universidade federal, CDSA de Sumé, e a gente vai fazer plantio do umbu, seriguela e de outras plantações que vai ser inaugurada no primeiro dia do festival do umbu”, explica ao dialogar com Stúdio Rural. Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo